quarta-feira, 15 de maio de 2013

Geraldo Filme

Essa nova seção de nosso blog é dedicada ao Geraldo Filme, compositor de São Paulo com o qual temos trabalhado em nossas oficinas e atividades do Projeto Prática de Samba: o aprendizado musical na roda.

Logo abaixo seguem algumas músicas desse grande compositor. A intenção de selecioná-las nessa postagem é de facilitar o acesso e assim construir nosso repertório em comum. Somente do repertório comum, de uma cultura compartilhada, é possível que alimentemos nossas discussões e práticas em torno do samba, suas histórias e seus personagens.

É sempre interessante que todos busquem outras gravações, outros materiais sobre o Geraldo Filme, assim teremos uma diversidade de olhares para trabalharmos com esse autor e conversarmos sobre sua obra, suas temáticas, seu estilo musical, poético, caráter das gravações etc...

Boa escuta!!!










sexta-feira, 13 de maio de 2011


Poder da Criação - João Nogueira e Paulo César Pinheiro

Pratica de Samba: o aprendizado musical na roda

Dando continuidade ao projeto - Roda de Samba: cultura, sociabilidade e educação não formal, iniciado no ano de 2010, estamos iniciando mais uma fase das atividades do Núcleo de Samba Cupinzeiro em parceria com a Universidade Federal de São Carlos. 

Prática de Samba: o aprendizado musical na roda. 

Nessa nova fase do projeto teremos três tipos de atividades: 

As oficinas - Ocorrem quinzenalmente aos sábados pela manhã. Todas as oficinas serão realizadas no Teatro de Bolso da Ufscar das 10hs as 12hs. Serão momentos em que o Núcleo de Samba Cupinzeiro mostrará parte de suas experiências e pesquisa com a música popular brasileira. Será também o momento de diálogo e aprendizado musical gerado pela troca de experiências e pela participação ativa de todos os envolvidos, independente do nível musical. Vocês verão que todos serão importantes e terão espaço na pratica musical que iremos propor.

Grupos de Estudos de Instrumento (praticas de instrumento em grupo) - Ocorrem semanalmente a noite. Esses serão momentos de aprendizado do repertório, de aspectos técnicos musicais, e de prática em grupo dividido  por instrumentos.

- Percussão Geral e Pandeiro - Terças Feiras
- Violão e Cavaco - Quartas Feiras

As atividades dos grupos de instrumento ocorrem sempre das 18:30 as 20:30hs.

As Rodas de Samba - Esses são momentos em que o Núcleo de Samba Cupinzeiro recebe a todos para encontros musicais em torno do samba. Nessas rodas todos poderão num primeiro momento observar como os fundamentos do samba se aplicam em conjunto. Conforme vocês forem se desenvolvendo e se sentindo à vontade com o repertório trabalhado nas oficinas e grupos de estudos de instrumento poderão participar ativamente dessas rodas. As rodas ocorrem mensalmente aos sábados das 18hs as 22hs no espaço da TEIA (casa de criação) no centro da cidade. R. Rui Barbosa n. 1950.

Além disso, ao final do processo, pretendemos fazer uma mostra musical do resultado dessas atividades. 

Tenho certeza que com a participação e dedicação de todos, poderemos formar um grande grupo para tocar, cantar e levar a alegria da música para mais próximo de nossas vidas. 

Vejam a seguir o repertório que vem sendo desenvolvido durante as oficinas e atividades.

Grade abraço!!!

Edu.  

Hino da Velha Guarda da Portela
(Chico Santana) 




Bebadosamba (Paulinho da Viola)
http://www.youtube.com/watch?v=G6oCMkNohss&feature=artist

Batuque de Pirapora
http://www.youtube.com/watch?v=KlnitooMi0M


Tradição (Geraldo Filme)




Vá Cuidar de Sua Vida (Geraldo Filme)



Acreditar (Ivone Lara e Delcio Carvalho) 
Interpretação de Roberto Ribeiro



Nessa gravação vale o destaque para o cavaco de Carlinhos, violão 7 cordas de Valdir, repique de anel de Doutor além dos tamborins, agogô, cuica  e surdo de Luna, Elizeu, Marçal, Nenem e Gordinho.


O Mundo é Assim (Alvaiade) 





Direito de Sambar - Batatinha



Tristeza e Pé no Chão - Armando Fernandes (Mamão)



Identidade - Ederaldo Gentil



terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Repertório para a Roda e Oficina - 2


Olá a todos vocês visitantes desse blog e participantes de nosso projeto.

Nesse próximo dia 12/02 teremos mais uma edição de nossa oficina - Roda de Samba: cultura, sociabilidade e educação não-formal, seguida de Roda de Samba com o Cupinzeiro. A oficina ocorrerá das 10hs as 12hs e a Roda será realizada a partir das 18hs. Ambas as atividades serão realizadas no espaço da TEIA – Casa de Criação.

A TEIA fica na R. Rui Barbosa n. 1950,  São Carlos. 

Nesse dia daremos continuidade ao processo de construção de repertorio iniciado na oficina anterior. Assim, teremos a oportunidade de cantarmos juntos de modo a formarmos novamente uma grande roda.

Para quem não pôde comparecer na última oficina realizada no dia 29/01/2011, veja as postagens anteriores e fique por dentro das músicas cantadas. 

Assim como fizemos anteriormente, segue aqui uma série de vídeos disponíveis no You tube e links com músicas que fazem parte de nosso repertório. Selecionamos para a próxima oficina mais algumas músicas de Geraldo filme e de Candeia. 

Lembrem-se, a roda do próximo sábado 12/02 será a finalização desse projeto e pretendemos que ela seja uma grande confraternização de pessoas interessadas em conhecer mais dessa rica manifestação.

Nosso desejo é que façamos juntos uma bela Roda de Samba, com muita alegria e união.

Aproveitem para escutar com atenção, aprendendo a letra e melodia dos sambas. Se for músico aproveite também para aprender a tocar e acompanhar essas músicas. Desse modo, todos poderão contribuir para a beleza da roda de samba.

Para nós do Cupinzeiro podermos acessar os registros fonográficos, ouvir atentamente e posteriormente compartilharmos aquilo que aprendemos é uma forma de darmos continuidade a essa rica construção da memória e da cultura musical brasileira. Essa riqueza se fortalece na possibilidade de trocas de saberes que podem se estabelecer entre os diferentes. A beleza da roda está no convívio das diferenças numa construção que se dá pela contribuição de todos em nível de igualdade.
 

Samba da Antiga

Vem pra roda menina
Vem mexer com as cadeiras
Vem sambar
Vem mexer com as cadeiras
Vem sambar...

Esse samba é da antiga
De gente amiga
Vem sambar
Vem mexer com as cadeiras
Vem sambar...

A idade não importa
A cor da tua pele não me interessa
Se tens pernas tortas
Se tens pernas certas
O que vale é saber se tem samba na veia
O samba veio de longe
Hoje está nas cidades
Hoje está nas aldeias
Nasceu no passado
E está no presente
Quem samba uma vez
Samba eternamente.

Candeia


Vamos que vamos!
Edu de Maria

 

Candeia Dia de Graça

samba da antiga - candeia

ouço uma voz (Candeia, Nelson Amorim) - Mestre Marçal

Candeia - Ouro desça do seu trono / Mil Réis

Vá Cuidar de Sua Vida - Itamar Assumpção

Núcleo de Samba Cupinzeiro - A Morte de Chico Preto (Geraldo Filme)

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Repertório para a Roda e Oficina.

Olá a todos vocês visitantes desse blog e participantes de nosso projeto.

Nesse próximo dia 29/01 teremos mais uma edição de nossa oficina - Roda de Samba: cultura, sociabilidade e educação não-formal. A oficina ocorrerá das 10hs as 12hs no Teatro de Bolso da UFSCar.

Nesse dia faremos uma oficina bastante prática e teremos a oportunidade de cantarmos juntos de modo a formarmos uma grande roda.

Para nós do Cupinzeiro o canto é o fundamento de uma boa roda. Conhecer um samba significa saber cantá-lo em primeiro lugar. A partir desse fundamento a roda se coletiviza e e se torna uma manifestação de grande força e beleza.

Por isso, postamos aqui uma série de vídeos disponíveis no You tube com músicas que fazem parte de nosso repertório. Selecionamos para essa oficina 3 músicas de Geraldo filme e 3 de Candeia. Esses são dois compositores de grande importância para nós do Cupinzeiro pela grande contribuição que ambos tiveram, para a história do samba.

As músicas aqui apresentadas serão cantadas em nossa oficina e farão parte de um repertório que continuará sendo construído na oficina do dia 12/02 e que será levado para a nossa roda de encerramento também no dia 12/02/2011.

Essa roda será a finalização desse projeto e pretendemos que ela seja uma grande confraternização de pessoas interessadas em conhecer mais dessa rica manifestação e assim continuar construindo a nossa cultura musical brasileira.

Nosso desejo é que façamos juntos uma bela roda de samba, e que a partir desse coletivo possamos manter esse projeto ainda por muito tempo.
Aproveitem para escutar com atenção, aprendendo a letra e melodia. Se for músico aproveite para aprender a tocar e acompanhar essas músicas.

Essa é a nossa grande escola, aprenda diretamente com os mestres!

Viva Geraldo Filme, viva Candeia!!!

Tradição (vai no bexiga pra ver) - Geraldo Filme

GERALDO FILME - SILÊNCIO NO BEXIGA

Batuque de Pirapora - Geraldo Filme

"Não Vadeia Clementina"de Candeia com Clara Nunes e Clementina de Jeus(Q...

Preciso me Encontrar - Cartola e Candeia

CANDEIA - DE QUALQUER MANEIRA

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Saberes da Experiência


Um dos pontos que gostaria de levantar da Roda de Samba é sobre a questão da experiência musical e o contato com o samba que cada integrante do Núcleo de Samba Cupinzeiro tem. Pude observar que houve diferentes trajetórias musicais dentre os integrantes do grupo. Cada integrante teve um início com vários estilos diferentes, o qual montou uma espécie de “base” musical em suas vidas. A experiência que cada integrante contribui para o grupo é de grande importância. Seus primeiros contatos com o samba vieram através de amigos e familiares, e através dos seus estudos acadêmicos. Em um trecho da roda os integrantes comentaram como se conheceram e como começaram a tocar samba. Diziam eles que se reuniam em uma casa na cidade de Campinas para tocar samba. Lá na casa onde tocavam, era uma espécie de ponto de cultura criado pelo grupo. O Núcleo de samba cupinzeiro tocava todas as semanas para diversas pessoas fazendo com que a música por eles gerada contribuísse para o crescimento cultural não só das pessoas inseridas no grupo, mas dos ouvintes que presenciavam a roda de samba. Além de tocarem em vários lugares e eventos, alguns integrantes tiveram contato com rodas de samba que aconteceram na cidade do Rio de Janeiro, mostrando como o grupo tem um contato direto com a cultura. O projeto Roda de Samba tem como uma de suas funções compartilhar essas experiências vividas pelo grupo diversificando e contribuindo para o crescimento cultural de todos os participantes da roda.
Durante a roda nota-se como todas as pessoas se envolvem com o samba. Cantam dançam e vivem o mesmo em plena alegria. Os músicos se inspiram a cada momento, a cada palavra, a cada acorde do cavaquinho, a cada som produzido pelo pandeiro e se deixam levar pelos baixos do violão. Colocam o que sentem durante as músicas e mostram o que os unem: O SAMBA.

Jeisson David Alves, Licenciatura em Música pela Universidade Federal de São Carlos

sábado, 11 de dezembro de 2010

A primeira roda do projeto confirmou algumas expectativas já criadas durante as reuniões, entre elas e no meu ponto de vista a principal, a participação do público em geral e a socialização criada pela música. Pessoas compartilharam das mesmas letras e poesias em forma de samba, cada um trazendo sua história para juntar com a do outro e formar essa união chamada de manifestação cultural, essencial para a vida em sociedade e para a sociabilidade em vida.
Foram bons os momentos desde o início da oficina até o final da roda, foi notável o interesse dos participantes em conhecer e absorver o máximo de informação possível sobre as vivências do grupo e origens do samba, tanto historicamente quanto musicalmente, falando no sentido técnico. Senti uma união nos participantes em relação a essa expectativa, como se o grupo tivesse transmitido sua própria união musical para o público.
Acredito que todas as novas informações passadas ao público despertaram o interesse em continuarem no projeto, principalmente na hora da roda de samba, nela percebi olhares para os músicos na procura de descobrir como se tocava uma música ou outra, olhares para longe como se relembrassem de algo em sua história, como se a música fosse trilha sonora de algum momento do passado, pessoas jovens e mais velhas compartilhando do mesmo sentimento em alguns momentos, como se a música estivesse dizendo a mesma coisa para todo mundo, mas além de tudo isso, uma coisa me chamou a atenção. As pessoas partiam das próprias músicas para conversar entre elas, compartilhavam curiosidades e informações sobre a música, compositor, época da composição, e outras coisas mais que despertaram em mim outra visão da manifestação cultural, as pessoas se sentem livres para manifestar, e no mais grosso modo da palavra, propagar seus conhecimentos culturais para outras pessoas, conhecimentos que sem essas manifestações poderão não se espalhar e aos poucos ir se perdendo no tempo.
O grupo Cupinzeiro mostrou que uma manifestação artística de qualidade é possível com iniciativa, perseverança e vontade que são transformados em ideais com o passar do tempo. Esses méritos alcançados desperta nos estudantes de música idealizações de projetos futuros para a comunidade, criando reflexões sobre a importância das manifestações culturais e apresentações desses projetos, capacitando dentro de cada um esse elo entre cultura e população. 
Particularmente estou aprendendo muito para dar continuidade aos meus ideais em relação à cultura do choro, vários passos estão saindo do papel graças à vivência dentro dessas manifestações, e estou esperançoso em relação ao futuro desses meus ideais, espero poder sempre contar com esse apoio e experiência de vocês.
Apesar de fazer esse comentário, com o perdão da contradição, o caldinho de feijão estava sem comentários.
Estou ansioso para o próximo dia de oficina e roda, querendo coletar mais informações sobre samba, cultura e principalmente como planejar no futuro essas manifestações, para sempre manter a idéia de que cultura em comunidade é essencial na vida do ser humano.

Diego Lima, Licenciatura em Música pela Universidade Federal de São Carlos.

domingo, 5 de dezembro de 2010

O samba da roda

            Gradualmente os instrumentos começam a tocar e o som transmitido por eles passa a ser compartilhado com todos que estão presentes, o samba passa a contagiar o estado de espírito das pessoas. O samba que toca é o samba que soma todas as cores, não tem raça, nem lugar. É o samba que une e ressalta o companheirismo daqueles que se identificam com este ritmo brasileiro.
            A característica principal, do meu ponto de vista, a ser observada em uma roda de samba é o fato de não haver preconceitos entre aqueles que dominam a técnica e aqueles que admiram o som. A roda é o espaço onde se compartilha a vivência dos sambistas através da música. Este humanismo que existe entre as pessoas é conseqüência da integração entre as mãos que tocam os instrumentos e aquelas que batem as palmas.
            Outra característica marcante em uma roda é o improviso. Roberto M. Moura diz que “o sambista improvisa diante da criação alheia”, este também é causa e conseqüência da união que a roda proporciona aos integrantes, pois ao mesmo tempo em que ela faz com que os músicos interajam entre si, através da improvisação, ela é resultado da amizade, seja de bar, seja de musica, entre todos que estão presentes naquele momento único e irreproduzível que a roda oferece.

Amanda de Castro Melo Souza é graduanda em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlo - UFSCar

domingo, 28 de novembro de 2010

Roda do Dia 20/11/2010

Olá pessoal,

Esse é um vídeo da Roda do dia 20/11/2010.

Em breve teremos mais vídeos disponíveis...

Abraços!



sábado, 20 de novembro de 2010

Assista ao vivo a roda de samba do Cupinzeiro !

Não vai rolar de ir à roda ?

Você pode se programar e assistir ao vivo toda a roda de samba clicando no link ao lado !

É só navegar e curtir o samba !

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Para ouvir...

Pessoal

Para quem gosta de ouvir e pesquisar samba aqui vai uma dica: acessem o site Prato e Faca, um prato cheio pra quem quer encontrar bons discos!
Agora se você quer começar por uma referência em termos de samba, pode começar pelo disco "Alegria Minha Gente" de Dona Ivone Lara, gravado em 1982. Brasa total!!!

Prato e Faca: Alegria Minha Gente D. Ivone Lara

[ivone lara - Alegria Minha Gente.jpg]

Abraços!
Anabela


Seguindo a dica da Anabela,

No Prato e Faca - http://pratoefaca.blogspot.com/ é possível encontrar inúmeros discos disponíveis. Vale a pena ir explorando o Blog e botando as bolachinhas na agulha pra rodar...

Aproveito para indicar "Os Quatro Grandes do Samba."

Em se tratando de Nelson Cavaquinho, Candeia, Ghilherme de Brito e Elton Medeiros, prefiro deixar que vocês escutem atentamente... aí depois conversamos mais!

Abraços!

http://pratoefaca.blogspot.com/2010/09/nelson-cavaquinho-guilherme-de-brito.html

Imagens...

O samba esquentou!
Vejam aqui algumas fotos da roda do dia 23 na TEIA. Foi muito bom ver todos os presentes cantando e ajudando a fazer uma roda de primeira!
Abraços!



quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Reflexos e sentidos da roda

                                              
Ele virá,
Quem nasceu para sempre, pra sempre virá
É uma eterna semente solta pelo ar
Fecundando de felicidade por onde for

E assim será,
Ninguém vive feliz se não puder falar
A palavra mais linda é a que faz cantar  
Todo samba no fundo é um canto de amor

Paulinho da Viola - Peregrino



Vivemos imersos em um tempo das comunicações, do acesso ao oceano de informações. Tudo parece estar ao alcance de um "clic" ou de um soletrar de palavras lançadas ao sopro dos buscadores digitais. Estes se tornaram espécies de oráculos a quem recorremos cotidianamente.


Uma breve apresentação ...

O Núcleo de Samba Cupinzeiro foi criado em 2001 com o objetivo de promover pesquisa e
criação ligadas ao universo do samba. Desde então se dedica a realização de Rodas de Samba
como espaço de encontro e trocas de saberes, criação de novas interpretações e arranjos
buscando sempre diálogos vivos com a tradição.


quinta-feira, 14 de outubro de 2010

O Projeto ...

Este blog tem o objetivo de dar continuidade às discussões propostas pelas oficinas e rodas de samba realizadas dentro do projeto de extensão "Roda de Samba: Cultura, Sociabilidade e Educação Não Formal" realizado pelo Núcleo de Samba Cupinzeiro em parceria com a Universidade Federal de São Carlos e com apoio do PROEXT/Cultura.